terça-feira, 21 de agosto de 2012

Liberdade

O amor não é tudo, pois tudo já se perde
Na imensidão relativa de cada ser
O amor não é parte, face de um estandarte
A exclusividade impregna o mau poder

Então o que em mim basta é a liberdade
Liberdade de amar, está sim me traz prazer
Pois então Morena, cante comigo "liberdade..."
Sim, Liberdade!
Talvez se repetir te consuma de querer
E a mim a mesma vontade sem rima
Forma, métrica, fala, amor pontuação

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Vingança

Nas curtas páginas de sua vingança
Fez questão de mostrar sua sombra
Gesto feito para aterrorizar
Quem sempre esteve acostumado a amar

Para sua surpresa nada vi
Falei, ouvi ou percebi
Pois quando olhei só senti pena, dó
Nada pude ver se tudo era escuro ao seu redor

E você continuou na penumbra
Parada, estática, cega e muda
Apenas ódio, pavor, um completo nó
Dessa alma rasa, eu sei, só restaria o pó

E durante tanto tempo se embriagou de ilusão
Sem razão, aos poucos, matou sua terna paixão
Assim fez de tua vida uma breve parábola
Sem amor, sem sombra, sem nada.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

O Prazer é Todo Meu.

A primeira vez que eu te vi
Foram olhares perdidos
À margens de uma doce canção
Tentando explorar o desconhecido

Não existiram palavras suficientes
Naquela bela oração
Musicada de forma leve e sincera
Celebrada em comunhão

Só restaram sorrisos espontâneos
Admiração correspondida
Mas a hesitação foi tamanha
Que mais tarde, no adeus, não houve se quer despedida

Ficaram as lembranças e a esperança
De que tudo que é bom um dia volta
As perguntas certas encontrarão respostas
Antes que minha sanidade ávida de agora
Seja completamente retalhada em postas.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Realidade morta.

As pessoas pensam que o Sistema é um monstro que chegou aqui nesse planeta depois de uma viagem intergaláctica. A verdade é que o Sistema é um produto do homem, e sendo assim, se ele é ruim, é porque no fundo o próprio homem é essencialmente ruim. Pode parecer um tanto quanto pessimista, mas eu já perdir a esperança em nossa raça. Todo os dias nós nos decepcionamos com nós mesmo. Todo dia choramos com a desgraça alheia, porém todos os mesmos dias fazemos outros de nós chorarem pela nossa falta de trato e de amor.
É angustiante notar as pessoas querendo ver a mudança do todo sem nenhum esforço para fazer mudar as partes, a si mesmo. É angustiante você notar e comprar a idéia de o homem, em si, ser um animal com tendências ruins, corruptíveis, egoístas e intolerantes. Mesmo sendo uma espécie de tamanha evolução e dicernimento. É dificil porque ouvimos a vida toda o contrário, queremos acreditar no inverso, mas é só essa realidade que vemos, sempre.
Espero que em um determinado momento, cada um possa olhar para dentro de si, e perceber o quanto estamos e somos nocivos para nós mesmos. É o primeiro passo.
Que os religiosos busquem o melhor nas melhores palavras sagradas, no amor e nas qualidades que o Deus deixou em suas escrituras. Que não seja apenas da boca pra fora, que não seja até onde o interesse governa.
Que os não-religiosos ou ateus, como eu, busquem o melhor na auto-avaliação, na busca pela empatia e valores humanos do bom convívio e amor.
Eu, por enquanto, sigo em busca e caminho com a exceção.